Deve ser votada nesta terça-feira a Medida Provisória (MP) 852 sobre transferência e gestão de imóveis da União. Na última quinta-feira (6), o relator da medida, senador Dário Berger (MDB/SC), apresentou Emenda Parlamentar à MP, que propõe alteração dos limites e reduz em cerca de 20% as áreas do Parque Nacional de São Joaquim, na Serra Catarinense.

O Parque Nacional de São Joaquim faz parte do trajeto do Caminho da Mata Atlântica e protege parcelas significativas deste bioma no sul do Brasil, importantes fontes de água, paisagens de grande beleza e que abrigam atrativos como o Morro da Igreja, a Pedra Furada e o Cânion Laranjeiras. São aproximadamente 100 mil visitantes anuais que fazem circular quase R$ 8 milhões na economia e ajudam a manter mais de 200 empregos, o que faz dele uma das áreas protegidas federais mais visitadas do país.

Sendo assim, não há dúvida de que o Parque Nacional de São Joaquim é um patrimônio da Mata Atlântica e de toda a sociedade brasileira e, portanto, deve ser mantido íntegro, conservado e cada vez mais valorizado.

Convocamos todos em prol desta luta, pela Proteção da Mata Atlântica, pela preservação do Parque Nacional de São Joaquim e pela prosperidade do Caminho da Mata Atlântica.

Divulgue, Compartilhe e convoque todos a favor desta causa!

Você pode acessar este link: http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=134252 e votar NÃO na consulta pública da MP 852.

Esta publicação foi originalmente publicada em: http://caminhodamataatlantica.org.br/emenda-propoe-reducao-20-do-pnsj/


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *